CBMAL

GRUPAMENTO DE BUSCA E SALVAMENTO - PAJUÇARA

O Subgrupamento Independente Ambiental (SGIA) inaugurou suas atividades operacionais em 20 de agosto de 2008 com a missão de executar as mais diversas atividades na área de buscas e salvamento: desencarceramento veicular, salvamento em altura, salvamento terrestre e resgates de animais, além de dar suporte às ocorrências de prevenção e combate a incêndios e socorros de emergência.    A operacionalização do SGIA se deu a partir da idéia do MAJ BM Carlos Gustavo Holmes Buriti de unir em um mesmo quartel, o pessoal que atuava no desencarceramento veicular, até então desempenhado pelo Grupamento de Socorros de Emergência GSE, com o os militares que atuavam no salvamento terrestre, que era realizado pelo 1º Grupamento Bombeiro Militar – 1ºGBM.    O quartel se chamaria Grupamento de Busca e Salvamento (GBS), porém, devido a alguns entraves burocráticos na criação do quadro próprio de pessoal, achou-se mais apropriado aproveitar o quadro já existente do Sub-Grupamento Independente ambiental que, até então, existia apenas no papel.    Após algum tempo de negociação com a prefeitura de Maceió, o prefeito Cícero Almeida autorizou a cessão do imóvel localizado na orla de Pajuçara para funcionar como sede do que viria a ser o SGIA. Anteriormente o imóvel foi utilizado pela Polícia Civil para a Operação Policial Litorânea (OPLIT), mas naquele momento encontrava-se desativado.    Em 22 de julho de 2008, o Major BM Carlos Gustavo Holmes Buriti assumiu o comando do SGIA, tendo como subcomandante o 1º Tenente BM Gilmar Seara da Silva que foi designado para esta função em 20 de agosto de 2008, sendo este um dos maiores responsáveis por viabilizar a compra de materiais, móveis e equipamentos para operacionalização do Subgrupamento, sendo também responsável pela reforma inicial que promoveu a divisão adequada do imóvel que inicialmente possuía um único vão. Somente após esta reforma foi possível dividir o imóvel em dois pavimentos, bem como, afixar as divisórias dos alojamentos, administração, almoxarifado, copa e recepção.

  Para operacionalização, foram transferidos inicialmente, além do Comandante e Subcomandante, 66 (sessenta e seis) militares dos quais 3 (três) eram  tenentes, 11 (onze) eram sargentos e 52 (cinqüenta e dois) eram soldados. Também foram designadas quatro viaturas, sendo duas camionetas auto-operacionais e dois furgões que eram Unidades de Resgate adaptadas para o serviço de salvamento. Estas viaturas foram distribuídas dentre as unidades operacionais da capital, buscando otimizar o tempo-resposta no atendimento.    Em 09 de janeiro de 2009 o sub-comando da unidade passou do 1º Tenente BM Gilmar Seara da Silva para a 1º Tenente BM Camila Renatha Paiva Barbosa, que permaneceu nesta função até 11 de junho de 2010, quando assumiu o 1º Ten. BM Eduardo Bruno Pessoa Vieira.    Durante o período de comando do Major Buriti foram realizados diversos cursos de especialização, dentre os quais destacamos o Curso de Salvamentos Especiais – CSESP/2008, Curso de Salvamento Veicular – CSV/2009, Curso de Salvamento Ambiental – CSAM/2009, Curso de Salvamento Ambiental – CSAM/2010 e PrevFogo 2009, em parceria com o IBAMA.    Em 24 de janeiro de 2011, assumiu o comando do SGIA, o Maj BM Clemens Barbosa da Silva, tendo como subcomandante o Cap. BM Roberto Wanderley Amorim Júnior, permanecendo assim, até a presente data.    Sob o comando do Major Clemens foi realizado o Curso de Salvamentos Especiais – CSESP/2011 e o evento Bombeiro de Fibra que consiste na realização de uma competição interna da corporação, envolvendo várias áreas de atuação bombeiro militar, culminando na premiação do melhor bombeiro em todas as provas.    Destaque-se, nesse período, o início das obras de reforma de ampliação da Sede do SGIA. Devido a esta reforma, o SGIA parou sua operacionalização, sendo os militares deslocados para o Grupamento de Incêndio.   Em 2015, o SGIA é transformado em Grupamento de busca e salvamento (GBS), tendo seu primeiro efetivo publicado no dia 17 de Julho de 2015 por meio da publicação em boletim geral da corporação. São sessenta e cinco homens e mulheres que serão empenhados nas atividades de salvamento da capital alagoana.O grupamento nasce com o compromisso de prestar serviços de qualidade para a população, tendo como princípio básico o treinamento constante e a preparação de seus militares para o atendimento às mais diversas ocorrências, aliando técnica e agilidade.   Desde a criação do Subgrupamento Independente Ambiental persiste o empenho em dotar a corporação de meios adequados para o cumprimento de sua missão, sendo constante o risco da própria vida nas situações mais perigosas. Ao longo de sua existência é registrada uma imensa prestação de serviço à sociedade alagoana pelo comprometimento de profissionais responsáveis que sempre honraram seu juramento de “Salvar ou morrer”. Diante das dificuldades que sempre acompanharam esta instituição ao longo desses anos de sua existência, há um grande desafio: atender sempre, e com excelência, a todo povo alagoano que precisa do seu serviço.

Endereço

  • AV. DR. ANTÔNIO GOUVEIA, S/N, PAJUÇARA, MACEIÓ/AL

Funcionamento Administrativo

  • Segunda-Quarta-Sexta: 9:00 - 13:00
  • Terça-Quinta: 7:00 - 13:00
  • Sábado-Domingo: Fechado

Contatos

  • Administração (Recepção) - ADM
  • (82) 3304-3034